Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
8/11/13 às 12h20 - Atualizado em 30/10/18 às 15h09

Laboratório do Hospital Gama será inaugurado este mês

COMPARTILHAR

Serviço estruturado proporcionará a população melhores condições no atendimento

A espera por um espaço laboratorial de qualidade está praticamente no fim para usuários e servidores do Hospital Regional do Gama. Após o processo de reforma do laboratório interrompido em 2009, a Secretaria de Saúde do DF retomou as obras e depois de pouco mais de seis meses de trabalho, o laboratório deve ser inaugurado na última semana de novembro. Ele será o mais estruturado da rede.

A obra foi orçada em aproximadamente R$ 800 mil e conta com cerca de 600 metros quadrados. O local terá uma ampla recepção, sala serviços de emergência, microbiologia, bioquímica, hematologia, imunologia e hormônios, sala de parasitologia e urinálise, além de uma área administrativa. O laboratório abrigará equipamentos automatizados e de última geração.

O setor conta com 14 farmacêuticos bioquímicos, 40 técnicos de laboratório, 33 auxiliares de serviços diversos e 06 agentes administrativos. Dados da unidade de saúde revelaram que só no ano passado foram realizados 1.203.719 exames entre emergência, internação e ambulatoriais. Este ano, de janeiro a setembro, já foram feitos 1.279.285 procedimentos. Os atendimentos mais procurados foram de bioquímica, (como por exemplo, dosagem de glicose para detectar a diabetes), hematologia (hemogramas) e urinálise.

De acordo com o chefe do Núcleo de Patologia Clínica do hospital, o bioquímico Mauro Sérgio Rêgo, o novo espaço está sendo aguardado pelos servidores e usuários. “Estávamos em um local que mesmo com todo nosso esforço, não nos permitia acolher bem o cidadão. Agora tenho certeza que poderemos trabalhar em um ambiente seguro e humanizado. Com a reforma a unidade será a mais bem estruturada da rede”, avaliou.

Entenda o caso

Em maio de 2009 o laboratório foi interditado pela Diretoria de Vigilância Sanitária (Divisa). O departamento alegou que o local não apresentava condições ideais de serviço e trabalho. Á época a SES determinou a reforma, porém a obra foi paralisada devido a suspeita de irregularidades.

Em abril deste ano o secretário Rafael Barbosa visitou o HRG onde garantiu que o processo de retomada da obra seria agilizado. Em junho de 2013 a reforma foi reiniciada. “A reinauguração do Núcleo de Patologia Clínica proporcionará a população de referência melhores condições no atendimento e na qualidade dos serviços”, destacou o secretário.

Por Eliane Simeão e Wenya Alecrim, da Agência Saúde DF
Atendimento a Imprensa
(61) 3348-2547/2539 e 9826-9226