Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
13/12/16 às 19h32 - Atualizado em 30/10/18 às 15h16

Lacen estabelece parceria com OPAS para Curso de Diagnóstico Molecular

COMPARTILHAR

Objetivo do evento era o fortalecimento do diagnóstico molecular do zika vírus

BRASÍLIA (13/12/16) – O Laboratório Central do Distrito Federal (Lacen), da Subsecretaria de Vigilância à Saúde (SVS), firmou parceria com a Organização Panamericana de Saúde (OPAS) e sediou o Curso de Diagnóstico Molecular. As aulas aconteceram entre os dias 6 e 9 de dezembro.

O conteúdo ministrado foi dividido em duas etapas, sendo elas: teórica e prática. A segunda parte do curso foi realizada no Laboratório de Virologia do Lacen e contou com a participação do Ministério da Saúde e do Laboratório de Referência Nacional (Instituto Evandro Chagas – IEC).

A iniciativa teve como objetivo o fortalecimento do diagnóstico molecular do zika vírus nos laboratórios centrais do Nordeste (Pernambuco, Rio Grande do Norte, Paraíba, Sergipe, Alagoas, Bahia) e Norte (Tocantins), além de promover a discussão e a padronização de protocolos.

Segundo o diretor do Lacen, Eduardo Filizzola, o curso foi a oportunidade para promover a aproximação dos laboratórios centrais. “As aulas proporcionaram uma relevante discussão técnica sobre o diagnóstico das arboviroses”, completou.

De acordo com o chefe do Núcleo de Virologia, Paulo Sousa Prado, os resultados apontaram para a necessidade imediata de revisão e a melhoria dos protocolos. ” O objetivo é a maior segurança no diagnóstico molecular das arboviroses”, explica.