Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
13/05/19 às 17h14 - Atualizado em 13/05/19 às 17h23

Mês de maio é dedicado à doação de leite materno

COMPARTILHAR

Eventos marcam programação em diversos bancos de leite e postos de coleta do DF

 

Um mês dedicado a falar sobre a importância da doação de leite materno. Assim será em maio, em toda a rede pública de saúde, graças ao Dia Nacional da Doação de Leite Materno, no dia 19. As celebrações começaram neste final de semana, com evento promovido pelo Hospital Materno Infantil de Brasília (Hmib).

 

Durante a manhã de sábado (11), mamães e bebês estiveram no Parque da Cidade, onde participaram da aula de sling dance, atividade que aumenta o contato afetivo entre mãe e filho.

 

“Foi uma tarde linda, especial e relaxante. Cada doadora ainda recebeu uma lembrancinha como forma de agradecer o ato de doar leite”, disse a chefe do Núcleo de Banco de Leite Humano do Hmib, Ana Cláudia Villa Verde Vasconcelos de Barros.

 

Outros bancos e postos de coleta de leite também promoverão ações com as doadoras em agradecimento, além de encontros entre elas e as receptoras.

 

“Faremos uma sessão solene na Câmara Legislativa, alusiva à doação de leite humano, onde teremos a presença de parceiros, pessoas que foram responsáveis por esta história no DF e na Secretaria de Saúde, do Corpo de Bombeiros e de muitas doadoras de leite humano”, anuncia a coordenadora de Políticas de Aleitamento Materno da Secretaria de Saúde, Miriam Santos.

 

Ela adianta, ainda, que a secretaria pretende lançar as páginas de Facebook e do Instagram do Amamenta Brasília para facilitar a comunicação entre a Secretaria de Saúde e doadoras ou possíveis doadoras. “Essa rede de comunicação já é composta pelo site e pelo aplicativo do Amamenta Brasília, além do telefone 160, opção 4”, complementa.

 

ESTOQUE BAIXO – Miriam Santos destaca que a mobilização social é fundamental para promover e apoiar o aleitamento materno e a doação de leite humano. Atualmente, 2.036 mulheres estão cadastradas como doadoras em todo o DF. A média de doação mensal é de 1,3 mil litros, quando deveria ser de, no mínimo, 1,5 mil para manter a distribuição sem apertos.

 

“Recuperamos o volume coletado em abril, mas a sensação é de que, no final do mês, perdemos o fôlego. O banco de leite do Hospital Regional de Ceilândia é um dos mais necessitados de doação. Entretanto, os outros não estão com margem para fazer mobilização de leite”, destaca Miriam.

 

PROGRAMAÇÃO – Cada banco de leite ainda está preparando sua programação específica para celebrar o Dia Mundial de Doação de Leite Materno, porém, as datas já foram definidas.

 

Em 21 de maio, acontecerá a Sessão Solene na CLDF. Nesta terça-feira (14), profissionais do posto de coleta de São Sebastião farão visita ao banco de leite do Hmib. No Hospital Regional de Brazlândia haverá programação na quarta-feira (15).

 

No dia seguinte, os hospitais de Planaltina, Paranoá e Asa Norte participarão das atividades. Na sexta-feira, será a vez de Ceilândia. Finalizam as atividades os hospitais regionais de Samambaia, Gama e Sobradinho, em 22 de maio; Santa Maria, no dia 23; e Taguatinga, em 24 de maio.

 

DATA – O Dia Nacional de Doação de Leite Humano, a ser comemorado em 19 de maio, foi instituído por lei em dezembro de 2015. No Distrito Federal, em agosto de 2013, foi sancionada a lei instituindo a Semana Distrital de Doação de Leite Materno, incluindo a data no calendário oficial de eventos do Distrito Federal.

 

Alline Martins, da Agência Saúde

Fotos: Divulgação/Saúde-DF