Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
27/11/13 às 21h07 - Atualizado em 30/10/18 às 15h09

Mostra sobre DST/Aids atrai visitantes ao Centro de Testagem

COMPARTILHAR

No primeiro dia foram feitos 170 testes rápidos de HIV


Nesta quarta-feira (27), a Secretária de Saúde do DF, por meio da Gerência de Doenças Sexualmente Transmissíveis (GEDST), deu início à exposição da mostra “Vidas em Crônica”, no mezanino da Rodoviária do Plano Piloto, em frente ao Centro de Testagem e Aconselhamento-CTA, que ficará aberta até sexta-feira (29).

A exposição faz parte da Semana Distrital de Prevenção do HIV/Aids. De acordo com o secretário de Saúde do DF, Rafael Barbosa, este ano diversas atividades estão previstas, sob a coordenação da GEDST, pelas Coordenações Regionais de Saúde, outros órgãos governamentais e por parceiros. “A SES/DF está apoiando várias ações realizadas pelas ONGs que atuam na luta contra a Aids no DF”, afirma.

A partir de oficinas, com a participação de artistas plásticos e escritores, o Ministério da Saúde conduziu 20 jovens convidados a compartilhar suas histórias por meio do o universo da arte e literatura, juntamente com oficinas de sensibilização.

De acordo com a subsecretária de Vigilância à Saúde do DF, Marília Cunha, o resultado desta experiência foi a produção de obras que ilustraram essas histórias, foram publicadas numa revista e agora estão nos painéis apresentados nesta Mostra. ”No mesmo local, está instalado uma cabine de projeção onde as pessoas poderão entender melhor como se prevenir a partir de telas de interação”, informa.

Segundo o gerente da Gerência de Doenças Sexualmente Transmissíveis, Sérgio Dávila, a Exposição, além de retratar um assunto muito importante, atraiu um grande número de pessoas para o CTA. “A média é de 30 testagens em dias normais e hoje foram realizadas mais de 170”, afirma.

Centros de Testagem e Aconselhamento (CTA)
Os Centros de Testagem e Aconselhamento (CTA) são serviços de saúde que realizam ações de diagnóstico e prevenção de doenças sexualmente transmissíveis. No CTA é realizado testes para HIV, sífilis e hepatites B e C gratuitamente. Todos os testes são realizados de acordo com a norma definida pelo Ministério da Saúde e com produtos registrados na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e por ela controlados.

O Distrito Federal conta com um CTA, que funciona das 7h às 19h e está localizado no mezanino da Rodoviária do Plano Piloto, atendendo a população.

Número de Aids No Distrito Federal
O Distrito Federal ocupa o 25º lugar dentre as capitais brasileiras, com um coeficiente de incidência média de 18 casos por 100 mil habitantes. Desde a identificação do primeiro caso, em 1985, já foram notificados mais de 8 mil casos da doença, segundo dados da Secretaria de Saúde.

De acordo com o gerente da Gerência de Doenças Sexualmente Transmissíveis, Sérgio Dávila, a o uso desses medicamentos reduziu as taxas de óbitos no DF. “A sua utilização no tratamento oferecido pelos Serviços de Referência da Secretaria reduziu a taxa de 11,6 mortes por 100 habitantes (em 1996) para 4,2 mortes por 100 mil habitantes em 2012”, informou.

Por Frederico Prado e Jozeías Nunes, da Agência Saúde DF
Atendimento à Imprensa
(61) 3348-2547/2539 e 9862-9226

Leia também...