Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
10/06/16 às 17h46 - Atualizado em 30/10/18 às 15h15

Odontologia do HRT apresenta trabalho científico

COMPARTILHAR

Participação na 15ª Pré Jornada Acadêmica da UCB

BRASÍLIA 10/6/16 – A equipe de Odontologia para Pacientes Especiais do Hospital Regional de Taguatinga concluiu um estudo sobre a importância do atendimento odontológico, com anestesia geral, para pacientes que não apresentam condições, sistêmicas ou comportamentais, de serem tratados no ambulatório. O trabalho científico foi apresentado na 15ª Pré Jornada Acadêmica de Odontologia da Universidade Católica de Brasília, na segunda-feira(6).

A autoria e apresentação do estudo, desenvolvido no Centro de Especialidades Odontológicas do HRT e da Policlínica, foi do odontólogo Daniel Ribeiro com a co-autoria dos odontólogos Synthia Martins e de Wagner Reis, sob a coordenação da odontóloga Andréia Aquino.

RESUMO DO TRABALHO – O biofilme e os focos de infecção de origem bucais representam um reservatório de bactérias multirresistentes, com potencial de causar inúmeras infecções em outros órgãos e frequentemente estão presentes no paciente com necessidades especiais.

Sendo a cooperação do paciente essencial para o sucesso do tratamento odontológico, e quando a comunicação é impedida por deficiência física ou mental, ou ainda, por problemas psicológicos, a opção é a realização do tratamento em ambiente hospitalar sob anestesia geral, que quando bem indicada apresenta resultados a curto e médio prazo bastante satisfatórios.

Assim, as indicações para esses casos levam em consideração aspectos gerais, bucais e comportamentais quando as técnicas de gerenciamento do comportamento falham impossibilitando a atendimento em nível ambulatorial.

Nesse contexto, o presente trabalho tem como objetivo descrever o caso clínico de uma paciente do gênero feminino, 27 anos, diagnosticada com transtorno global do desenvolvimento e não colaboradora para o atendimento ambulatorial com diversos focos de infecciosos de origem dentária e periodontal.

Após, avaliação médica e classificação do risco cirúrgico a paciente foi submetida a intervenção odontológica sob anestesia geral, no Hospital Regional de Taguatinga-DF, para remoção destes focos com a realização de procedimentos nas áreas de periodontia, dentística e cirurgia.

O atendimento odontológico sob anestesia geral foi bastante efetivo para promover adequação do meio bucal da paciente, tornando o acompanhamento ambulatorial mais simples e colaborando para um possível gerenciamento comportamental do paciente que agora se encontra sem dor.

Leia também...