Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
11/07/17 às 19h56 - Atualizado em 30/10/18 às 15h17

Policlínica de Planaltina entra em funcionamento

COMPARTILHAR

Serviço foi instalado no antigo centro de saúde nº 1, ao lado do hospital

BRASÍLIA (10/7/2017) – A primeira Policlínica da região Centro Norte começou a funcionar parcialmente neste mês, das 7h às 18h, e oferece consultas em sete especialidades. A unidade foi instalada no antigo centro de saúde nº 1 de Planaltina, ao lado do hospital regional. A previsão é que, até o final agosto, a estrutura esteja em pleno funcionamento, uma vez que os serviços estão sendo abertos gradativamente.

“Essa mudança faz parte de uma série de ações para ampliar o acesso da população aos serviços de saúde. A ideia é oferecer um centro de atendimento ambulatorial especializado, que contará com diversas especialidades e serviços”, explicou o superintendente, Ricardo Tavares Mendes.

Até agora, a unidade dispõe de pediatria, pneumopediatria, endocrinologia adulto e pediátrica, geriatria, cardiologia e ginecologia para acompanhar pré-natal de alto risco. A estrutura também deverá ofertar, em breve, neuropediatria e clínica médica.

“O espaço receberá, ainda, o ambulatório de pequenas cirurgias feitas com anestesia local, como extração de unha, retirada de cistos e câncer de pele”, informou o diretor de Atenção Primária da Região, Vinicius Paulino. O gestor lembra que o acesso aos serviços é feito exclusivamente pelo Sistema de Regulação da Secretaria de Saúde, que agenda e encaminha os pacientes da rede.

Parte das especialidades (cardiologia, geriatria, endocrinologia adulto e cirurgia ambulatorial) está sendo migrada do ambulatório do Hospital Regional de Planaltina. As demais estavam incluídas nas antigas estruturas dos centros de saúde tradicionais da região Norte. Estas unidades passaram a adotar o modelo Estratégia Saúde da Família (ESF), que consiste em equipes formadas por médicos da família.

A ideia é que as unidades básicas de saúde cuidem da atenção primária com prevenção e tratamento de doenças mais simples e comuns. Já a Policlínica concentrará a atenção secundária com profissionais especializados, enquanto o hospital prestará atendimento de alta complexidade.

Para entrar em funcionamento, a Policlínica reutiliza parte do mobiliário do Centro de Saúde 1, além de equipamentos usados pelas equipes no ambulatório hospitalar. O espaço também foi reorganizado de acordo com as novas atividades.

SAÚDE DA FAMÍLIA – A região Norte possui 34 UBSs. Em decorrência da instalação da Policlínica, as equipes de atenção primária que atuavam no local passarão a atender na Unidade Básica de Saúde 3, que também fica no Setor Tradicional. Eles constituíram quatro equipes de transição – aquelas formadas por profissionais que estão em capacitação para fazer parte da Estratégia Saúde da Família (ESF).

Com isso, as pessoas que moram na Horta Comunitária e quadras 23, 24, 25 e 26 do Buritis 4, serão atendidas no Centro de Saúde 2 (UBS 2). O Centro de Saúde 3 (UBS 3) será a referência para os residentes na Vila Vicentina e quadras 3, 4, 5 e 6 da Vila Buriti.

Quem reside no Aprodarma, Quintas do Amanhecer 1 e 2, Vale do Sol e Mansões do Amanhecer receberá atendimento no posto de saúde do Santos Dumont (UBS 9).

Confira aqui as fotos.