Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
13/03/18 às 16h59 - Atualizado em 30/10/18 às 15h19

Práticas integrativas auxiliam tratamento de pacientes do Instituto Saúde Mental

COMPARTILHAR

Unidade oferece automassagem, hatha yoga e reike

BRASÍLIA (13/3/18) – Participar dos grupos de terapia comunitária integrativa por seis meses foi essencial para ajudar a professora Eliete Serra, 50 anos, sair de um quadro de depressão profunda, que a fez procurar ajuda no Instituto de Saúde Mental (ISM). A atividade é uma das práticas integrativas para auxiliar no tratamento oferecidas na unidade. Entre elas, também há automassagem, hatha yoga, e reike.

“Comecei com uma perda de voz, sem saber o porquê. Passei por cirurgia e os médicos disseram que foi uma doença não só da profissão, mas psicológica. Mesmo depois da cirurgia, continuei com a perda de voz. Por isso, comecei o tratamento psicológico e, aqui, fui convidada para a terapia comunitária”, contou.

A atividade é realizada todas as segundas-feiras, às 10h, e consiste em uma roda de conversa com a participação de pacientes e familiares, intermediada por profissionais facilitadores. A idéia é compartilhar experiências, o que reduz a ansiedade, estresse, tristeza e, consequentemente, o efeito de doenças físicas que são reflexo do desgaste mental.

“Hoje, tenho quem ouça as minhas angústias e também escuto outras pacientes. Eu carregava um peso do qual não conseguia me livrar. Agora, estou me sentindo feliz e satisfeita. Minha voz voltou ao normal”, relatou a professora, que exerce a profissão há 21 anos e, com o passar dos anos, além da rotina do ofício, teve muitos problemas pessoais.

O grupo foi importante também para Agimar de Oliveira, 58 anos. O relato é do irmão dele que o acompanha nos encontros, Oswaldo de Oliveira, 50 anos. “Meu irmão não tem um diagnóstico bem definido, mas o comportamento dele mudou muito nesses 15 meses de terapia. Antes, ele não conversava com os irmãos e familiares. Hoje, ele fala com as pessoas e interage, o que foi muito importante”, disse.

A auxiliar de enfermagem e mediadora da terapia comunitária, Cássia Garcia, explica que essa é uma prática que trabalha a resiliência do indivíduo. “Muitas vezes, o corpo fala através da insônia e das doenças. São sintomas que não são vistos pelos exames. Por isso, o lema da terapia comunitária é quando a boca fala, o corpo sara, porque estamos tratando a mente”, disse.

FOTO BAIXA 2 ISM

A psicóloga, Diana Sousa Cirqueira explica que as práticas integrativas e complementares em saúde são muito importantes porque ajudam de forma mais rápida a retomada da saúde mental. A unidade oferece tanto a terapia comunitária, quanto automassagem, hatha yoga e reike.

“Pacientes que têm sintomas de insônia, de ansiedade, dores generalizadas, crônica, depressão e quadros de mudança de humor podem ser tratados com as práticas integrativas. Elas trazem a oportunidade de reorganizar o indivíduo e favorecer o equilíbrio emocional e mental”, disse.

As práticas integrativas são abertas ao público. Confira abaixo as atividades desenvolvidas:

– AUTOMASSAGEM: A atividade é uma técnica de autocuidado que abrange várias partes do corpo com objetivo de trazer o equilíbrio da energia. Consiste em massagear alguns pontos de bloqueio para ativar vitalidade, criatividade, memória. Cronograma: segunda e quinta-feira, às 9h.

– TERAPIA COMUNITÁRIA INTEGRATIVA: Atividade coletiva em formato de roda de conversa, intermediada por profissionais. A ideia é compartilhar experiências, o que resulta em redução do efeito de doenças físicas que são reflexo do desgaste mental. Cronograma: segunda, às 10h.

– HATHA YOGA – Atua nas partes emocional, física e mental, com foco no trabalho de realinhamento do corpo, para reduzir sintomas como ansiedade e melhorar o relacionamento interpessoal. Cronograma: terça e quinta-feira, às 10h.

– LIAN GONG – São exercícios que auxiliam na melhoria da qualidade do sono, mobilidade, disposição para execução das tarefas diárias, bem como aumento da flexibilidade, da força, do equilíbrio e das capacidades motoras, além do ganho de tônus muscular. Cronograma: quinta-feira, às 9h30.

– REIKI – É uma técnica para redução do estresse e relaxamento, com a “imposição de mãos”. Baseia-se na ideia de que uma “energia vital” invisível flui através de nós e é o que nos faz estarmos vivos. Cronograma: o atendimento é realizado de acordo com a demanda.

Confira a galeria de fotos.