Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
25/08/17 às 18h32 - Atualizado em 30/10/18 às 15h18

Primeira rodada do Papo de Saúde foi um sucesso

COMPARTILHAR

Secretário recebeu de 12 servidores sugestões que seguem para análise e encaminhamento 

BRASÍLIA (25/8/17) – O primeiro encontro entre os 12 servidores que tiveram ideias selecionadas pelo projeto Papo de Saúde e o secretário de Saúde, Humberto Fonseca, ocorreu na manhã desta sexta-feira (25). O secretário, juntamente com o secretário adjunto de Assistência à Saúde, Daniel Seabra, recebeu em seu gabinete os servidores um a um para que apresentassem as suas propostas. Todos os selecionados compareceram.

As sugestões escolhidas abrangeram diversas áreas como desenvolvimento de sistemas, atendimento em áreas diversas e capacitação do servidor. O enfermeiro Newton Alex Felipe de Sousa, servidor desde 2012, foi o primeiro a se encontrar com Fonseca. A ideia dele foi utilizar a metodologia coaching para o desenvolvimento dos servidores, diante da situação de crise econômica.

“Hoje, não existe empresa privada que esteja bem financeiramente a ponto de gastar dinheiro. No setor público, não é diferente. Não temos que focar na ausência de recursos, e sim no que podemos fazer com o que temos. Temos que fazer mais com menos e, por isso, motivar os servidores para se dedicarem”, disse o profissional, que já realiza algumas palestras motivacionais pela Educação Continuada do Hospital de Base.

Já o servidor Rildo Galeno, há 15 anos na Secretaria de Saúde, destacou que essa foi a primeira vez que teve a oportunidade de estar frente a frente com um secretário da pasta para apresentar uma ideia. A proposta de Rildo é firmar parceria com o Senado Federal para que os servidores possam fazer capacitação pelo Instituto Legislativo Brasileiro.
“Podemos conseguir acesso a vários cursos importantes que contribuem com a nossa formação. Há cursos na área legislativa, gestão, informática, atendimento ao público, e outras opções”, citou.

Outra proposta é a centralização e ampliação de uma ideia já em prática: o fracionamento de comprimidos para produção de xarope para as UTIs pediátricas, neonatais e adulto para facilitar a administração dos medicamentos por meio de sonda e para quem não consegue ingerir o comprimido, como recém-nascidos. O trabalho hoje é feito no Hospital Regional de Taguatinga e foi idealizado pela farmacêutica Eva Ferraz Fontes.

“Hoje, produzimos para diversos hospitais como Asa Norte e Materno Infantil, mas para organizar e ampliar para a rede precisamos criar uma Gerência de Manipulações Farmacêuticas abrangendo o Laboratório de Farmacotécnica e a Quimioterapia do Hospital Regional de Taguatinga”, sugere Eva.

foto baixa 2 papo de saude

Já para facilitar o acesso dos pacientes aos insumos das Farmácias de Alto Custo, o técnico administrativo Aleomar Beserra Tolentino criou uma ferramenta para que os médicos preencham eletronicamente os documentos que devem ser apresentados para receber o medicamento. Assim, evita-se que os pacientes retornem ao consultório para correção de possíveis erros de preenchimento.

Na área de desenvolvimento de sistemas, houve projeto para facilitar o trabalho de monitoramento do mosquito transmissor da dengue feito pela Diretoria de Vigilância Ambiental. O idealizador é o analista de Políticas Públicas Adalberto Rosa Nascimento.

“Desenvolvi um sistema para lançar os dados do trabalho feito em campo para o combate ao Aedes aegypti. Hoje, o controle é feito com o uso de tabelas que demandam muito tempo. Precisamos de um acesso público para hospedar esse sistema para ampliar para toda a rede e otimizar o trabalho”, solicitou.

O secretário de Saúde mostrou-se muito satisfeito com o nível das propostas apresentadas e com a adesão dos servidores à ideia lançada com o Papo de Saúde. “Excelentes ideias foram apresentadas aqui. Vamos tentar desenvolver esses projetos. Acredito que essa aproximação entre a gestão e o servidor na ponta é muito importante. Porque assim vamos conhecer as dificuldades e propostas para melhorar”, disse o secretário de Saúde.

PARTICIPE – O Papo de Saúde continuará em próximas rodadas. As ideias podem ser enviadas para o hotsite www.papodesaude.saude.df.gov.br, onde é necessário preencher um formulário. É importante lembrar que não se trata de um espaço para reclamações ou para tirar dúvidas.

As ideias não precisam ser necessariamente na área de trabalho do servidor. Podem tanto estar relacionadas com o atendimento de saúde ao usuário quanto a processos internos da secretaria.

Confira as fotos.