Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
9/09/13 às 18h03 - Atualizado em 30/10/18 às 15h06

Profissionais do Mais Médicos iniciam atendimento no DF

COMPARTILHAR

Reforço nas regionais de saúde do Gama, Samambaia, Brazlândia e Recanto das Emas

Seis profissionais do Programa Mais Médicos do Ministério da Saúde começaram a trabalhar nas unidades de Atenção Primária da Secretaria de Saúde do Distrito Federal(SES/DF) nesta segunda-feira, 9.

Os médicos do programa atuarão exclusivamente na Estratégia Saúde da Família (ESF), que envolve centros de saúde, postos de saúde rurais e urbanos, clínicas da família e o trabalho das equipes diretamente na comunidade.

“A Estratégia Saúde da Família consegue resolver até oitenta por cento dos problemas de saúde dos moradores. O sucesso desse trabalho depende de uma equipe qualificada e para isso precisamos de todos os profissionais”, destaca a diretora de Gestão da Atenção Primária da SES/DF, Cleunice Godois Freire Ferreira.

Dos 15 médicos, diplomados no Brasil, selecionados nessa etapa do programa para o Distrito Federal, seis já assumiram e os demais têm até o dia 12 para se apresentar. Os primeiros profissionais do Mais Médicos vão trabalhar em Samambaia, Gama, Brazlândia e Recanto das Emas.

Para a diretora esses profissionais reforçarão o atendimento prestado à população. “Há uma dificuldade na fixação de médicos nas equipes que atuam nas periferias de Brasília. Então, esses médicos vão proporcionar de fato o atendimento completo”, ressalta.

Os médicos do programa atuarão, por três anos, nas unidades básicas de saúde, e receberão bolsa mensal de R$ 10 mil, custeada pelo Ministério da Saúde.

Unidade contemplada – O Centro de Saúde n° 03 de Samambaia foi uma das unidades que passou a contar com um profissional do programa, o que reforçará o atendimento junto aos moradores da Expansão de Samambaia, especialmente das quadras 827 e 829.

“Vamos poder ampliar o acesso da ESF para uma área de vulnerabilidade e risco de agravos de saúde”, informou o gerente da unidade, Marcos Antônio Trajano Ferreira.

Atualmente o centro de saúde conta com cinco equipes da Estratégia Saúde da Família e uma da Estratégia de Agentes Comunitários de Saúde. Uma cobertura de 75% em ESF para atender uma população da área de abrangência, estimada em 24 mil moradores.

Estratégia Saúde da Família – As equipes são formadas por médico, enfermeiro, técnicos de enfermagem, agentes comunitários de saúde, dentistas e técnicos de higiene bucal. O Distrito Federal conta hoje com 190 equipes de Estratégia Saúde da Família, 66 centros de saúde, 42 postos de saúde, entre rurais e urbanos, e sete clínicas da família em funcionamento.

Iêda Oliveira