Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
20/12/13 às 17h37 - Atualizado em 30/10/18 às 15h10

Controle do Tabagismo atendeu mais de 15 mil pessoas neste ano

COMPARTILHAR

Fumantes são atendidos em todas as regionais de saúde

Dados do Programa de Controle do Tabagismo e outros Fatores de Risco de Câncer no DF mostram que até setembro desse ano, 15.593 fumantes iniciaram tratamento na rede pública de saúde para abandonar o cigarro. O percentual de pessoas que deixaram de fumar é em torno de 68%, ou seja, 10.603 usuários.

O Programa de Controle do Tabagismo e outros Fatores de Risco de Câncer no DF segue orientação do Instituto Nacional do Câncer (INCA/MS). O objetivo é promover a cessação pelos fumantes e proteger a população dos riscos do tabagismo passivo.

“Para ser inserido no programa o fumante deve procurar uma unidade de tratamento mais próxima de sua casa ou trabalho para se inscrever, e é chamado na medida em que se formam os grupos de tratamento”, explica a assistente social da Coordenação do Programa, Maria Suélita de Lima.

As Unidades do Recanto das Emas e de São Sebastião disponibilizam as agendas uma vez ao mês para o início do tratamento e os que buscam o atendimento neste dia são acolhidos. “Temos ainda Unidades que trabalham com agenda aberta onde os pacientes são acolhidos no dia do atendimento em grupo, sem lista de espera, que é o caso do Hospital Universitário de Brasília (HUB) e do Centro de Saúde nº14, do Cruzeiro Velho. O atendimento é realizado às quartas-feiras”, comenta a assistente social.

Os pacientes atendidos nos Centros de Referência recebem o apoio comportamental e medicamentoso por meio de sessões semanais individuais ou em grupo, realizadas por equipes multiprofissionais. Inicialmente participam de quatro sessões, mas permanecem em acompanhamento com sessões de manutenção até completar um ano do início do tratamento, período que se pode considerar que uma pessoa é um ex-fumante – após um ano de abstinência.

Reconhece SES
A equipe de Tabagismo do Centro de Saúde nº2 do Recanto das Emas foi a vencedora do Prêmio Reconhecimento por Desempenho – Reconhece SES – Ano 2013, na categoria Reconhecimento dos Usuários à Equipe de Profissionais de Atenção Primária em Saúde. A equipe recebeu o maior número de elogios este ano. O objetivo da premiação é destacar, no âmbito do sistema público de Saúde do DF, os melhores desempenhos do ano das coordenações gerais de saúde, unidades e serviços assistenciais, de diagnóstico e de terapia, e de profissionais de saúde.

A coordenadora do Programa de Tabagismo da Regional de Saúde do Recanto das Emas, a médica Penélope Porto conta que ficou surpresa com a premiação. “Foi uma vitória, até mesmo para a nossa vida profissional. Desenvolver esse grupo é apaixonante, pois aqui fazemos vínculos. Se o paciente fraquejar, mostramos a ele que nos procure para o acolhermos”, comenta.

Carmen Maria Carvalho, 68 anos, moradora do Recanto das Emas, conta que fumou um maço por dia, durante 49 anos. “Quando cheguei ao grupo de tabagismo do Centro de Saúde nº2, no dia 4 de junho desse ano, duvidei da médica ao dizer que em duas semanas nós pararíamos de fumar. Meu último cigarro foi em 17 de junho, ou seja, na terceira semana eu já não fumava mais. Me surpreendi”, relata. A aposentada comenta ainda que decidiu largar o vício por vontade de ter melhor qualidade de vida. “Coloquei na cabeça que precisava parar de fumar, quando quero algo, vou até o fim”, diz.

Sebastião de Sena Moreira, 48 anos, aeroportuário, fumava há 33 anos, uma média de 40 cigarros por dia. “Estava na palestra dos hipertensos do Centro de Saúde nº2 do Recanto das Emas quando fui informado sobre o grupo de tabagismo. No primeiro dia, pensei comigo que estava tomando o lugar de outra pessoa que queria parar de fumar. Eu mesmo não vou dar conta”, lembra. Sebastião atribui sua recuperação ao atendimento que recebeu no grupo. “Estou muito satisfeito. Vou sair daqui e orientar outros fumantes a participarem. O último cigarro foi no dia 28 de novembro. Tenho fé em Deus que não fumo mais”, comenta.

Confira os Centros de Referência do Programa de Controle do Tabagismo

Por Patrícia Kavamoto, da Agência Saúde DF
Atendimento à imprensa:
(61)3348-2547/2539 e 9862-9226