Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
18/02/14 às 16h47 - Atualizado em 30/10/18 às 15h10

Projeto Brasil 4D oferece informações sobre serviços de Saúde

COMPARTILHAR

60 famílias de Samambaia participam desta fase inicial

Agora os serviços da Secretaria de Saúde (SES/DF) estarão disponíveis na tela da TV de 60 famílias de Samambaia. Na segunda-feira (17), foi lançado o projeto piloto Brasil 4D, a primeira TV pública, aberta e digital do mundo, coordenada pela Empresa Brasil de Comunicação (EBC). A Solenidade aconteceu no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) de Samambaia Sul.

A experiência vai acontecer durante três meses com a meta de atingir 300 famílias de Samambaia e Ceilândia. Nesta fase inicial, Samambaia foi escolhida com a instalação de conversores digitais em 60 casas de famílias beneficiárias dos programas sociais Bolsa Família e DF Sem Miséria. Sem sair de casa, os moradores poderão ter acesso aos programas da SES/DF como: Saúde da Família, Carreta da Mulher, Farmácia Popular, campanhas de vacinação e aleitamento materno. “É muito bom saber que a Secretaria de Saúde vai estar dentro da sala de visitas da família, levando informações importantes para a qualidade de vida das pessoas”, disse a subsecretária de Atenção Primária à Saúde, Rosalina Sudo.

O coordenador da Regional de Saúde de Samambaia, Manoel Fontes, também demonstrou sua satisfação por saber que Samambaia é a primeira região administrativa de Brasília a usar a novidade. “Isso demonstra a valorização e o progresso principalmente na saúde, além do respeito que a população daqui tem dado aos programas sociais”, disse.

As famílias serão orientadas por 13 Agentes da Cidadania de Mobilização do CRAS de Samambaia Sul. “O Agente da Cidadania é um programa dentro da política de assistência social para atingir as famílias beneficiadas pelo CRAS. Portanto, também vão acompanhar os contemplados do projeto Brasil 4D”, disse a coordenadora do CRAS Samambaia Sul, Katiane Fernandes.

Além dos programas da SES/DF, a população também terá acesso aos serviços da Secretaria de Trabalho (Setrab/DF), Direitos da Mulher, Benefícios Sociais, Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal e INSS. “O Brasil 4D é uma janela de diálogo que faz com que as políticas públicas se aproximem da sociedade”, afirmou o presidente da EBC, Nelson Breve.

Como funciona

Com um conversor digital instalado na televisão da casa da família, o cidadão poderá acessar aos serviços por meio do controle remoto. Basta sintonizar na TV Brasil (canal 2) e escolher as opções disponíveis na tela. “Essa é uma introdução ao mundo digital para essas pessoas. Quando elas tiverem acesso à banda-larga, já saberão como fazer”, afirmou o idealizador do projeto, o superintendente de Suporte da EBC, André Barbosa.

 

Por Luana Lemes, da Agência Saúde DF
Atendimento à imprensa:
(61) 3348-2547/2539 e 9862-9226