Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
9/06/15 às 11h11 - Atualizado em 30/10/18 às 15h12

Promotor de Justiça ouve esclarecimentos sobre bactérias

COMPARTILHAR

Apresentação do plano de enfrentamento

BRASÍLIA (9/5/15) – O titular da 1ª Promotoria de Justiça de Defesa da Saúde do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT), Jairo Bisol, esteve na Secretaria de Saúde, nesta segunda-feira (8), para ouvir considerações a respeito da ocorrência de bactérias multirresistentes em hospitais da rede pública de Brasília.

“Saio daqui mais tranquilo, ao tomar ciência da real situação e ver que os números não são os que têm sido anunciados pela mídia”, disse Bisol, após conversar com o secretário-adjunto de Saúde, Rubens Iglesias.

Até o momento, 28 casos de colonização por bactérias multirresistentes foram notificados pela Secretaria de Saúde. O primeiro deles ocorreu no Hospital Regional de Taguatinga, em 28 de maio. Também foram diagnosticados pacientes colonizados nos hospitais regionais do Guará e de Santa Maria e na unidade de pronto atendimento (UPA) de Sobradinho. Desde o primeiro caso, todas as providências foram tomadas para evitar o contágio de mais pacientes e para tratar aqueles que estavam infectados.

Nesta terça-feira (9), a Secretaria de Saúde vai anunciar um plano de enfrentamento. “Não há situação de surto, mas, apesar de as bactérias multirresistentes serem comuns, estamos criando um plano para que a situação não saia do controle”, destacou Iglesias.

Problema mundial – Segundo a Organização Mundial de Saúde, a resistência bacteriana é o principal problema de saúde pública enfrentado no mundo inteiro. O combate a esses micro-organismos depende de um esforço das autoridades, dos profissionais de saúde e da população em geral.

“Hoje os pacientes estão mais idosos, há mais diagnóstico de câncer, de leucemias. Há mais tecnologia invasiva. Isso faz com que as pessoas precisem tomar mais antibióticos, e o preço disso é a resistência”, explicou a coordenadora de infectologia da Secretaria de Saúde, Maria de Lourdes Lopes.

Leia também...