Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
8/06/20 às 18h47 - Atualizado em 8/06/20 às 18h48

Quase 810 mil doses da vacina contra a gripe já foram aplicadas

COMPARTILHAR

Vacinação ocorre diariamente em 128 salas de vacina no DF

 

GUILHERME PEREIRA, DA AGÊNCIA SAÚDE

 

Foto: Breno Esaki/Agência Saúde

A campanha de vacinação contra o vírus influenza continua até 30 de junho. Até lá, os integrantes do público-alvo que ainda não se vacinaram devem procurar a sala de vacina mais próxima para serem imunizados. São 128, no total. Até o momento, foram aplicadas 809.837 doses que representam uma cobertura vacinal de 86,2%.

 

A vacina previne três tipos do vírus Influenza: A (H1N1), A (H3N2) e B. Alguns grupos ultrapassaram a meta de indivíduos vacinados de acordo com o planejamento para a campanha, que é de 90%. Esses grupos foram: idosos (146,8%), trabalhadores da saúde (120,9%), profissionais das forças de segurança e salvamento (115,2), portadores de comorbidades (94,9%).

 

A enfermeira da Área Técnica de Imunização, Fernanda Ledes, alerta que a cobertura para alguns grupos ainda está abaixo do desejado, como pessoas com deficiência (1,9%), adultos de 55 a 59 anos (27,2%), caminhoneiros e motoristas do transporte público (27,6%), e as crianças de dois a cinco anos (39,8%).

 

“A Influenza é uma doença que pode levar a quadros mais complicados e hospitalizações nesses grupos. As salas de vacinas estão em funcionamento e buscando usar medidas para se adequar ao momento da pandemia que vivemos”, afirma Fernanda reforçando a convocação para que esses grupos se vacinem.

 

CONTRAINDICAÇÕES – A vacina é contraindicada para pessoas com histórico de reação anafilática em doses prévias da vacina. Contudo, na maioria dos casos, as vacinas contra influenza têm um perfil de segurança excelente e são bem toleradas.

 

Pacientes que tenham alergia comprovada grave relacionada a ovo de galinha e seus derivados podem receber a vacina, contanto que ela seja administrada em ambiente hospitalar.

 

Para pessoas acamadas e acima dos 60 anos, é possível fazer um agendamento para que a imunização seja feita em domicilio. O agendamento pode ser feito pelo 160 ou na unidade básicas de saúde (UBS) de referência do domicílio do acamado.