Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
29/06/16 às 18h06 - Atualizado em 30/10/18 às 15h15

Região Sudoeste convoca servidores com restrições laborais

COMPARTILHAR

O prazo para se apresentar à Medicina do Trabalho termina no dia 8 de julho

BRASÍLIA (29/06/16) – A Superintendência da Região de Saúde Sudoeste convoca todos os servidores lotados nas regionais de Taguatinga, Samambaia e Recanto das Emas, que possuam restrições temporárias ou permanentes, para comparecer aos Núcleos de Segurança, Higiene e Medicina do Trabalho (NSHMT) localizados no HRT e no HRSam, a fim de atualizarem a situação funcional.

Os Núcleos de Medicina do Trabalho estão atendendo aos servidores de segunda a quinta-feira, das 8 às 12 horas e das 14 às 18 horas, e as sextas-feiras das 8 às 12 horas. O prazo para se apresentar vai até o dia 8 de julho. O servidor deverá levar exames, laudos ou relatórios médicos e, ainda, o parecer médico da restrição em vigor emitido pelo médico do trabalho do NSHMT ou pela junta médica da Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag).

A determinação para que todo o servidor com restrição laboral seja reavaliado partiu da Portaria nº 95, de 8 de junho de 2016. Segundo o documento, o servidor que não se apresentar (com toda a documentação) dentro do prazo estabelecido ou que, ao ser reavaliado, não tiver restrições, retornará, imediatamente, às atribuições inerentes ao cargo ou especialidade que ocupa.

Segundo o gerente de Pessoas do HRT, Aderbal Siqueira, a importância do cumprimento da Portaria é o mapeamento da situação funcional dos servidores da Secretaria de Estado de Saúde (SES). “É positivo para atender as demandas das unidades e, também, para o servidor que realmente ainda tiver restrição, pois, dessa forma, ele poderá ficar lotado no setor que atenda adequadamente seu quadro físico e psicológico”, explica.

O gerente afirma ainda que é um meio de se evitar desvio de função e suprimir a falta de servidores dos setores, além de manter o sistema informatizado com informações corretas. “A atualização funcional dos servidores junto à chefia imediata e no Sistema Único de Gestão de Recursos Humanos (SIGRH) é de extrema importância”, alerta.

A reavaliação também se estende aos servidores que tenham restrições laborais ainda dentro do prazo de validade.