Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
23/12/20 às 18h05 - Atualizado em 4/01/21 às 17h29

Saúde e Iges reforçam alinhamento para combater provável segunda onda da Covid

COMPARTILHAR

Compromisso foi firmado em reunião com a participação do secretário de Saúde e do presidente do Iges-DF

 

AILANE SILVA, DO IGES-DF

 

Reunião ocorreu na tarde desta quarta-feira (23) na Secretaria de Saúde – Foto: Breno Esaki/Agência Saúde DF

Unir forças para enfrentar a possível segunda onda da covid-19 no Distrito Federal. Esse foi o compromisso reforçado entre a cúpula da Saúde, durante reunião nesta quarta-feira (23) conduzida pelo secretário de Saúde do DF, Osnei Okumoto, com a participação do secretário adjunto de Assistência à Saúde, Petrus Sanchez; do presidente do Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do DF (Iges-DF), Paulo Ricardo Silva e de diversos outros gestores da área.

 

“Conseguimos grandes avanços durante o início da pandemia. Agora, vamos aperfeiçoar e alinhar ainda mais nossas ações que são planejadas estrategicamente, porque passamos a conhecer a dinâmica dessa doença”, disse o secretário Osnei Okumoto.

 

Osnei Okumoto detalhou como irá funcionar o processo de mobilização dos leitos de UTI na rede – Foto: Breno Esaki/Agência Saúde DF

O chefe da pasta ressaltou que agora a Saúde conta com um Plano de Mobilização de Leitos Covid-19, que está em fase de finalização. Diferentemente do primeiro lançado no início da pandemia, ele permite a oscilação dos leitos, ampliando e reduzindo de acordo com os dados de transmissão e ocupação de leitos. “Esse é um plano flexível, que prevê vários cenários e a capacidade de resposta necessária”, destacou.

 

Ao reforçar a importância do trabalho em rede, Petrus Sanchez destacou que o Hospital de Base, administrado pelo Iges-DF, é uma das unidades que têm serviços de referência, como oncologia e cardiologia. Por isso, o objetivo é blindar o Hospital de Base para que não interrompa serviços essenciais.

 

Petrus Sanchez destacou que o HB atenderá pacientes Covid que estão dentro do perfil de atendimento da unidade – Foto: Breno Esaki/Agência Saúde DF

“A ideia é que essa unidade não seja retaguarda para a rede para atendimento Covid-19, mas que continue atendendo os casos de maior complexidade que já atende”, ressaltou. E esclareceu ainda que a unidade vai continuar com leitos Covid apenas para aqueles pacientes dentro do perfil do HB que evoluam com quadro da doença.

 

O diretor-presidente do Iges-DF, Paulo Ricardo, ressaltou que todas as ações necessárias serão realizadas de forma conjunta, dando todo suporte à Secretaria de Saúde do DF. “Agradecemos por todo empenho da secretaria e estamos a postos para executar todas as medidas que foram definidas para enfrentar a pandemia”, enfatizou.

 

Também participaram da reunião a vice-presidente do Iges-DF, Mariela Souza; o diretor de Administração e Logística, Marcelo Oliveira Barbosa; o diretor de Vigilância Epidemiológica, Cássio Roberto Leonel Peterka; e a superintendente Pré-Hospitalar, Nadja Vieira, entre outros gestores.