Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
19/08/13 às 21h05 - Atualizado em 30/10/18 às 15h06

Abusadores sexuais terão atendimento psicológico na rede pública de saúde

COMPARTILHAR

Atendimento humanizado e especializado para prevenção de reincidências


O Serviço de Atenção Integral à saúde da Pessoa Autora de Violência Sexual – PAV – ALECRIM –será inaugurado nesta quarta-feira (21), às 15h, no prédio do Laboratório Central da Secretaria de Saúde (LACEN-SES/DF), na SGAN Quadra 601, blocos O/P.

“O PAV Alecrim irá oferecer atendimentos psicossociais à pessoa autora de violência sexual a fim de possibilitar a construção de relações sociais não-violentas e a prevenção de reincidências”, afirma Lucy Mary Cavalcanti, Chefe do Núcleo de Estudos e Programas na Atenção e Vigilância em Violência (NEPAV). 

O PAV Alecrim, Programa de Pesquisa, Atenção e Vigilância em Violência, surgiu de uma parceria entre o NEPAV, Gerência de Saúde Prisional e a Vara de Execuções Penais que atendem as pessoas em situação de violência sexual.

“O PAV Alecrim também irá construir novas metodologias de intervenção psicossocial, capacitar os profissionais para atendimento nesta área, facilitar a participação da família no processo de reintegração social, além de desenvolver pesquisas, para aprimorar o trabalho realizado”, explica a subsecretária de Vigilância à Saúde, Marília Cunha.

As equipes de saúde referidas para enfrentamento dessa questão iniciaram reuniões periódicas para o estudo do tema e compuseram um Grupo de Trabalho, oficializado pela Portaria 172, de 5 de julho de 2013, que teve como objetivo a elaboração da proposta de um Programa de Pesquisa, Atenção e Vigilância em Violência para o atendimento a pessoa adulta autora de violência sexual.

A equipe do PAV Alecrim, que é composta por psicólogos, psiquiatra e assistente social, realizará o acompanhamento no formato grupal, incluindo também atendimentos individuais e familiares, com duração prevista de seis meses.

“Ressaltamos que é indispensável a atuação das demais políticas públicas no atendimento ao autor de violência, tendo em vista que esta temática é de extrema complexidade”, afirma Lucy Mary Cavalcanti, Chefe do NEPAV.

O PAV Alecrim é uma ação pioneira do Brasil e fará parte da Rede de Serviços de Atenção Integral a Saúde de Pessoas em Situação de Violência do DF – Rede Esperança, composta por 20 Programas de atendimento a vítima, sendo um deles de atendimento ao adolescente ofensor sexual.

Frederico Prado