Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
21/11/13 às 13h51 - Atualizado em 30/10/18 às 15h09

Saúde promove a Semana Distrital de Prevenção do HIV/Aids

COMPARTILHAR

Evento ocorrerá na última semana de novembro

A Secretaria de Saúde do Distrito Federal, por meio de sua Gerência de Doenças Sexualmente Transmissíveis (GEDST), promove a Semana Distrital de Prevenção ao HIV/Aids, de 26 de novembro à 1º de dezembro. O evento ocorre anualmente na última semana de novembro, antecedendo o Dia Mundial de Luta Contra a Aids, celebrado em 1º de dezembro.

De acordo com a subsecretária de Vigilância à Saúde, Marília Cunha, este ano diversas atividades estão previstas, sob a coordenação da GEDST, pelas Coordenações Regionais de Saúde, outros órgãos governamentais e por parceiros. “A SES/DF está apoiando várias ações realizadas pelas ONGs que atuam na luta contra a Aids no DF”, afirma.

Hoje, Brasília ocupa o 25º lugar dentre as capitais brasileiras, com um coeficiente de incidência média de 18 casos por 100 mil habitantes. Desde a identificação do primeiro caso, em 1985, já foram notificados mais de 8 mil casos da doença, segundo dados da Secretaria de Saúde.

De acordo com o gerente da Gerência de Doenças Sexualmente Transmissíveis, Sérgio Dávila, a o uso desses medicamentos reduziu as taxas de óbitos no DF. “A sua utilização no tratamento oferecido pelos Serviços de Referência da secretaria reduziu a taxa de 11,6 mortes por 100 habitantes (em 1996) para 4,2 mortes por 100 mil habitantes em 2012”, informou.

Durante a programação a SES/DF vai realizar várias atividades voltadas para profissionais da área e população do Distrito Federal.

A abertura será realizada com o Seminário de Prevenção e Controle das DST na Atualidade, no dia 25 de novembro, que tem como objetivo apresentar os dados epidemiológicos atuais do HIV e Aids no Distrito Federal, propor um debate entre profissionais de saúde, estudantes e colaboradores da área sobre assuntos de relevância para as atuais políticas de prevenção e controle desse agravo e de outras DST.

Durante os dias 27 à 29 de novembro, será realizado a exposição da mostra “Vidas em Crônica”, no mesanino da Rodoviária do Plano Piloto, em frente ao Centro de Testagem e Aconselhamento-CTA, com oficinas de artes e de sensibilização, e no mesmo local será instalado uma cabine de projeção onde as pessoas poderão entender melhor como se prevenir a partir de telas de interação.

No fim de semana que encerra a Semana Distrital de Prevenção do HIV/Aids, será promovido dois dias de ações voltadas para a população. No dia 30 de novembro, no Taguaparque em Taguatinga, será realizado testes de Aids e hepatites virais, e em parceria com a Secretaria de Esportes será oferecidos atividades para quem passar pelo local.

No domingo, 1° de dezembro, no Dia Mundial de Combate a AIDS, a parceria entre Secretaria de Esporte e Secretaria de Saúde do DF levará a 4ª etapa do Circuito SEsp de Corrida de Rua para Samambaia. O circuito contemplará 1.000 vagas e os interessados deverão ter acima de 16 anos. Durante a inscrição o corredor poderá escolher entre os percursos de 5Km ou 10Km.

Tratamento oferecidos no DF

Os tratamentos disponíveis na rede pública de Saúde estão cada vez mais eficientes e garantindo qualidade de vida às pessoas que vivem com o vírus. A oferta de testagem, principalmente com a utilização dos testes rápidos, aumenta a capacidade de realizar diagnóstico precoce, o que traz menos prejuízo à saúde do portador da doença.

Sérgio Dávila destaca, ainda, que a Aids continua sendo uma doença grave e, portanto, devem ser mantidos e ampliados os esforços na redução de sua transmissão. “Para reduzir esses índices é preciso melhorar continuamente os serviços de saúde, o tratamento das outras doenças sexualmente transmissíveis e distribuir preservativos masculinos e femininos para adoção de práticas sexuais mais seguras”, finalizou.

Por Frederico Prado e Jozeías Nunes, da Agência Saúde DF
Atendimento à Imprensa
(61) 3348-2547/2539 e 9862-9226