Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
5/02/16 às 20h34 - Atualizado em 30/10/18 às 15h14

Secretaria de Saúde monta plano de contingenciamento para o Carnaval

COMPARTILHAR

Uma das principais medidas será reforçar equipes para atuar no atendimento de foliões que exagerarem no uso de álcool e outras drogas

BRASÍLIA (5/2/16) – As equipes dos hospitais regionais da Asa Norte, Taguatinga e Ceilândia contarão com reforço de profissionais da atenção mental para atender casos de intoxicação causados pelo uso exagerado de álcool e outras drogas, durante o Carnaval. A ação faz parte de um plano de contingenciamento, que também teve como foco equilibrar o número de equipes de plantão para garantir o atendimento à população no feriado.

“Nós elaboramos esse plano para melhorar a qualidade de assistência e atenção ao usuário, bem como aumentar o apoio ao servidor que estiver trabalhando durante esse período. Com isso, as equipes que já estão escaladas farão os demais atendimentos habituais e, como no período do Carnaval as pessoas tendem a aumentar o consumo de álcool, teremos equipes especializadas dessa natureza”, destacou a secretária adjunta de Saúde, Eliene Berg.

Segundo ela, foram designadas para dar apoio nas urgências e emergências as equipes de saúde mental que atuam com desintoxicação clínica nos Centros de Atenção Psicossocial Álcool e outras Drogas (CAPs AD) da Rodoviária do Plano Piloto, Samambaia, Ceilândia e Taguatinga.

As equipes especializadas serão compostas por um médico, um técnico de enfermagem e um enfermeiro, quando possível. A orientação é de que pacientes que estejam em eventos isolados de intoxicação apenas em razão da festividade, após sua recuperação, recebam alta.

Já para quem tenha histórico de dependência química, a orientação é que ele passe pela desintoxicação e tenha continuidade do tratamento nos CAPs em Álcool e Outras Drogas, para que seja feito o trabalho de prevenção a possíveis recaídas posteriormente.

Leia também...