Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
22/05/18 às 14h23 - Atualizado em 30/10/18 às 15h19

Obras da UBS 11 de Ceilândia estão 75% prontas

COMPARTILHAR

Reforma deve ficar pronta em agosto. Foto: Matheus Oliveira

 

 

Com reforma prevista para ser concluída em agosto, a Unidade Básica de Saúde 11, em Ceilândia, recebeu, nesta terça-feira (22), a visita do secretário de Saúde, Humberto Fonseca.

 

O cronograma de obras aponta que estão prontos 75% dos serviços de modernização da rede elétrica, reestruturação das redes hidráulica, de dados e hidrossanitária, readequação de espaço interno, troca do piso e melhoria da acessibilidade, além da aquisição de mobiliário e equipamentos.

 

Com área total de aproximadamente 1,5 mil metros quadrados, a estrutura recebeu o investimento inicial de R$ 1.815.839,00.

 

A primeira etapa da obra, no valor de R$ 1 milhão, foi executada pela Aro Engenharia, que iniciou a obra em marco de 2014 e abandonou o serviço no final do mesmo ano. Os recursos iniciais vieram do Ministério da Saúde e do Governo de Brasília.

 

“Depois dessas dificuldades com a empresa anterior, conseguimos uma segunda contratação e esperamos que, até agosto, possamos entregar o antigo Centro de Saúde 11 para comunidade da Expansão do Setor O , com seis equipes Saúde da Família já funcionando plenamente no modelo Estratégia Saúde da Família e com três equipes de saúde bucal, além da reinstalação do Centro de Especialidades Odontológicas (CEO) com nove dentistas”, explicou o secretário de Saúde.

 

O restante das obras, retomadas pela Mauto Engenharia em abril de 2017, é orçado em R$ 930 mil, verba proveniente de contrapartida de universidades particulares, que mantém estudantes na rede pública de saúde e, por isso, reembolsa a pasta.

 

A unidade beneficiará 22,5 mil moradores das QNO 16 a 20.

 

Estarão à disposição da comunidade os serviços de odontologia, radiologia, laboratório, nebulização, farmácia e imunização.

 

A UBS 11 atenderá todos os ciclos de vida: criança, adolescente, adulto, idoso; saúde da mulher; saúde do homem e pessoas com doenças crônicas.

 

No início da reforma, para que os pacientes não ficassem sem atendimento, a UBS 7, no Setor O, recebeu o reforço de 41 profissionais.

 

Também foram destinados 29 profissionais para as equipes de odontologia de 12 unidades básicas de saúde.

 

TEXTO: AILANE SILVA

 

 

Secretário de Saúde visita obras na UBS 11 de Ceilândia