Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
2/12/13 às 11h46 - Atualizado em 30/10/18 às 15h09

Serviço de Fissurados do HRAN espera duplicar atendimentos

COMPARTILHAR

A expectativa para 2014 é ampliar a estrutura

A Secretaria de Saúde do Distrito Federal, em parceria com a Organização Não Governamental (ONG) Smile Traindesde Julho, atendeu, em média, 200 crianças e adolescentes com fissuras labiopalatais entre março e novembro de 2013. O Serviço Multidisciplinar de Fissurados do Hospital Regional da Asa Norte (HRAN), que foi inaugurado oficialmente em março, realiza o acompanhamento dos pacientes e cirurgias, quando há necessidade.

Para o secretario de Saúde, Rafael Barbosa, este número reflete o comprometimento da gestão atual com os pacientes fissurados. “Antes havia o atendimento, porém não era especializado. Dependendo do caso, o paciente com fissura era encaminhado até mesmo para hospitais fora do DF”, lembra o secretário. “Hoje, o DF tem estrutura para atender, acompanhar e operar esses pacientes”, comemora.

Os pais de crianças portadoras de fissuras, ainda segundo o secretário, não têm a cultura de levarem os filhos ao hospital para tratar o problema. “O número é satisfatório quando levamos em consideração os anos anteriores. Porém, ainda há muitos para serem tratados. Basta que os pais procurem o atendimento que a SES oferece”, informa.

O Serviço, que conta com atendimento de ortodontistas, cirurgiões plásticos, fonoaudiólogos entre outros profissionais, funciona no HRAN. Para o Dr. Alexandre Figueiredo, cirurgião plástico que compõe a equipe de atendimento, a expectativa para o próximo ano é ampliar as salas de cirurgia para duplicar o número.

A agenda para o tratamento é aberta. O interessado deve procurar a direção do HRAN e solicitar o atendimento. Para o próximo ano, a expectativa é que o Serviço tenha uma secretaria própria para realizar as marcações de consultas.

Por Lucas Carvalho, da Agência Saúde DF
Atendimento à imprensa
(61) 3348-2547/2539 e 9862-9226

Leia também...