Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
8/04/16 às 17h40 - Atualizado em 30/10/18 às 15h14

Servidores e pacientes aprovam melhorias no HMIB

COMPARTILHAR

Obras beneficiaram pediatria, ambulatório e anatomia patológica

BRASÍLIA (8/4/16) – Referência em atendimento ao recém-nascido e à mulher, o Hospital Materno Infantil de Brasília (HMIB) ganhou um novo visual na Ala B da Pediatria, Ambulatório e Anatomia Patológica, que ficaram cerca de um mês em reforma. Nesta sexta-feira (8), o secretário de Saúde, Humberto Fonseca, foi conferir o resultado dos trabalhos.

“O ambiente melhorou muito e está ótimo. Esse quarto ganhou suporte para receber minha filha, que precisa de aparelhos para respirar. Para nós, que passamos grande parte do tempo aqui, é muito importante”, contou a mãe da paciente internada Ludimila Ketlin, Marilene Araújo.

A Pediatria do hospital possui 46 leitos e atende uma média de 157 pacientes diariamente. Dos leitos, 16 estão alocados na Ala B. Além da pintura e reparos na parte hidráulica, que também incluíram a retirada de infiltrações, houve a renovação dos banheiros e restauração de toda a paste elétrica, com a instalação de novos quadros de força e redimensionamento da rede elétrica. O espaço também ganhou novos desenhos e livros por intermédio de parceria com a Abrace.

Na Anatomia Patológica, onde são realizadas as biopsias e necropsias, o ambiente ficou mais iluminado. Houve a recuperação e revisão das instalações elétricas, substituição de piso, manutenção do forro de gesso, bem como colocação de bancadas de granito, armários, lavatório e chuveiro. Torneiras, portas, fechaduras, interruptores, tomadas e luminárias também foram trocadas.

“Aumentou substancialmente a qualidade do trabalho para os servidores. Também foi criado um acesso específico para os pacientes serem atendidos”, disse a médica patologista, Melissa Vita.

No Ambulatório, onde há 19 salas e funcionam 34 especialidades, também houve reparação na parte elétrica, substituição de tubulações e reatores. Um novo reboco foi feito nas paredes. Além disso, foi feita a troca de tomadas, interruptores, torneiras, entre outras melhorias. Em 2015, o setor realizou 71.341 atendimentos.

“O Hospital Materno Infantil realiza atendimento especializado em diversas áreas, como neurologia pediátrica e gestação de alto risco. Essa unidade é referência não só para a região Centro Sul, mas para outras regiões”, finalizou a superintendente, responsável por Asa Sul, Guará, Candangolândia, Núcleo Bandeirante, Riacho Fundo I e II, Parkway, e Lago Sul, Denize Bomfim.

Leia também...