Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
23/05/20 às 16h41 - Atualizado em 25/05/20 às 15h20

Testagem Itinerante: 6,6 mil pessoas são testadas nas regiões vulneráveis do DF

COMPARTILHAR

Nos três primeiros dias da iniciativa, 253 testes deram positivo para Covid-19

 

LEANDRO CIPRIANO, DA AGÊNCIA SAÚDE

 

Foto: Geovana Albuquerque/Agência Saúde

Até esta sexta-feira (22), 6.659 habitantes das regiões mais vulneráveis do Distrito Federal passaram pela Testagem Itinerante, com 253 testes positivos para o novo coronavírus. O objetivo da ação é detectar a Covid-19 nas áreas mais remotas do DF, em pessoas sintomáticas ou que tenham histórico de contato com algum caso confirmado.

 

Durante os três primeiros dias da iniciativa, testes rápidos foram realizados nas regiões do Itapoã, São Sebastião, Fercal, Sol Nascente, Pôr do Sol, Vila São José (Vicente Pires), Morro do Macaco (Samambaia), Engenho das Lages (Gama), Porto Rico (Santa Maria), Vila Cauhy (Núcleo Bandeirante), Vila Telebrasília e Cobra Coral (Região de Saúde Central).

 

A Vila Cauhy apresentou a maior quantidade de testes positivos até o momento, com 54 registros, seguido do Morro do Macaco, com 24 casos, e o Sol Nascente, com 17 ocorrências.

 

As ações começaram na quarta-feira (20), tendo como meta expandir a aplicação dos testes rápidos para os locais que não foram alcançados pelos postos de drive-thru. A iniciativa prevê ainda a distribuição de máscaras de tecido e kits de higiene e saúde bucal à população, além de reforçar as orientações quanto às medidas de prevenção.

 

A expectativa é atender 27 locais do Distrito Federal até o dia 6 de junho. Os atendimentos são feitos de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

 

Diferente dos pontos de drive-thru, a população desses locais não precisa fazer o agendamento no site testa.df.gov.br. Contudo, a equipe de saúde pode fazer o cadastro do cidadão na hora, caso ainda não tenha. O resultado é entregue em até 20 minutos.

 

Arte: Érick Alves/Agência Saúde