Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
9/11/12 às 20h40 - Atualizado em 30/10/18 às 14h57

Tratamento de endometriose na rede pública de saúde

COMPARTILHAR

A Secretaria de Saúde do Distrito Federal-SES/DF oferece tratamento da endometriose, doença que atinge 10% da população feminina em idade reprodutiva. O atendimento é prestado por ginecologistas em todas as unidades de saúde do DF.

A endometriose consiste na presença de células endometriais fora do útero. Os principais sintomas da endometriose são dor e infertilidade. “Cólicas menstruais de forte intensidade podem indicar endometriose. É muito importante que o seja feito diagnóstico e a paciente comece o tratamento antes que a doença progrida”, aponta o coordenador do Núcleo de Ginecologia da Secretaria de Saúde, Adriano Bueno.

O ginecologista pode suspeitar de uma endometriose na paciente que estiver com infertilidade sem explicação. A doença pode ser diagnosticada por exames físicos, videolaparoscopia, ultrassonografia e a ressonância magnética.

O tratamento na rede de saúde é feito pelo método farmacológico ou cirúrgico. O medicamento utilizado em casos menos graves é administrado por seis a 12 meses e é feito por uma combinação de contraceptivos hormonais orais, somado a antiinflamatórios não hormonais.

Em casos moderados e graves utiliza-se da cirurgia para remover as células endométricas. Nos casos mais graves pode ser necessária a remoção de partes dos órgãos como útero, ovários, tubas ou de porções do intestino. “Existe a possibilidade de vir a engravidar, caso o tratamento seja feito de forma correta”, diz Adriano.

Todos os tratamentos e medicamentos são disponibilizados pela SES, logo após a confirmação do diagnóstico, sem necessidade de enfrentar filas.