Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
15/04/16 às 21h35 - Atualizado em 30/10/18 às 15h14

UPA do Núcleo Bandeirante aumenta faturamento

COMPARTILHAR

A unidade faturou 50% a mais em março do que em janeiro. Número de atendimentos passou de 3,2 mil para 4,7 mil

BRASÍLIA (15/4/16) – O número de atendimentos na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Núcleo Bandeirante aumentou entre janeiro e março deste ano. Foram cerca de 1,5 mil pacientes a mais. Com isso, o faturamento da unidade também subiu, passando de R$ 60,2 mil para R$ 92,6 mil.

“Um dos motivos para esse aumento foi o fortalecimento dos recursos humanos. Chegaram oito médicos clínicos e 14 técnicos de enfermagem à unidade. Além disso, mudamos algumas gerências e a supervisão de enfermagem”, explica a superintendente da Região Centro Sul de Saúde, Denise Bonfim.

A reabertura da sala de medicação, há cerca de um mês, também colaborou para esse aumento. “Atendemos os pacientes da UPA e também aqueles que precisam tomar medicações de uso contínuo. Com isso, aumenta-se o faturamento”, observa chefe da unidade administrativa da Upa do Núcleo Bandeirante, Cleiton Aguiar.

Mudanças físicas na unidade também colaboraram para aumentar e melhorar o atendimento, como o conserto de ar condicionado, de eletrocardiograma, a revisão elétrica de luminárias e a retomada do transporte de remoção de pacientes.

REPASSE – O Ministério da Saúde repassa recursos para as secretarias de saúde nos estados e no DF, por meio da tabela SUS. Quanto mais a unidade hospitalar fatura, mais próximo fica do teto estabelecido pelo órgão federal, podendo, inclusive, aumentar o valor desse teto.

Esse recurso é repassado do Fundo de Saúde do governo federal para o Fundo de Saúde da secretaria do DF. É a pasta que determina para onde vão os recursos recebidos. 

Quando o processo de regionalização estiver totalmente concluído, esse valor recebido poderá ser regionalizado e beneficiar diretamente as unidades que conseguem faturar mais.