Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
12/04/13 às 20h07 - Atualizado em 30/10/18 às 14h58

Começa vacinação contra a gripe no DF

COMPARTILHAR

450 mil pessoas devem ser imunizadas

Até o dia 26 de abril a Secretaria de Saúde do Distrito Federal (SES/DF) promove a 15ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza (Gripe). No sábado (20), dia de mobilização nacional (Dia D), 128 postos de vacinação funcionarão das 8h às 17h, em todo DF. Nos dias a campanha é realizada em  todas as salas de vacinação de rotina nas regionais de saúde do DF, com atendimento das 8h às 11h30 e das 13h30 às 17h.

“Quem lembra da vacina se protege da gripe” é o slogan da campanha que tem novidades neste ano. Puérperas até 45 dias após o parto e portadores de doenças crônicas também serão vacinados, além de pessoas com idade a partir de 60 anos, trabalhadores de saúde, povos indígenas, crianças na faixa etária de seis meses a menores de dois anos, gestantes e pessoas privadas de liberdade. Os doentes crônicos deverão apresentar prescrição médica para serem vacinados.

Para este ano a meta é vacinar 80% da população por grupo alvo, marca superada no ano passado quando a cobertura alcançou 86,24%, no Brasil, o correspondente a 25.9 milhões de pessoass. No DF os números foram ainda melhores: 89,09% da população alvo foi imunizada. Este ano o Ministério da Saúde disponibilizou para cerca de 500 mil doses para o DF e a expectativa é que mais de 450 mil pessoas sejam imunizadas.

A campanha nacional de vacinação contra a gripe tem como principal objetivo reduzir a mortalidade, as complicações e as internações decorrentes das infecções pelos vírus da influenza na população alvo para a imunização.

Esquema de vacina
Os telefones do disque-saúde (160) estarão à disposição para informações e para o agendamento de vacinação dos acamados, em domicílio. A vacinação nos asilos e instituições de idosos será realizada de acordo com calendários estabelecidos pelas regionais de saúde. Informações adicionais pelos telefones da Gerência de Vigilância Epidemiológica e de Imunização: 3323-7461 e 3905-4639.

A doença
A influenza é uma infecção viral aguda que afeta o sistema respiratório. É de elevada transmissibilidade e distribuição global, com tendência a se disseminar facilmente em epidemias sazonais. A transmissão ocorre por meio de secreções das vias respiratórias da pessoa contaminada ao falar, tossir, espirrar ou pelas mãos, que após contato com superfícies recém contaminadas por secreções respiratórias podem levar o agente infeccioso direto à boca, aos olhos e ao nariz.

A doença pode se apresentar desde uma forma leve e de curta duração, até formas clinicamente graves e complicadas. A maioria das pessoas infectadas se recupera dentro de uma a duas semanas sem a necessidade de tratamento médico. No entanto, nas crianças muito pequenas, idosos e portadores de quadros clínicos especiais, a infecção pode levar a formas clinicamente graves, pneumonia e morte.

Notificações
Em 2012, no Distrito Federal, foram notificados 322 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave. Destes 31 foram positivos para Influenza A H1N1, 30 para Influenza A H3N2, 18 para outros vírus respiratórios incluindo Influenza A sazonal, Influenza B e VSR e 243 casos não foram detectados vírus respiratórios, todos com confirmação laboratorial.

No ano passado foi registrada a morte de um adulto jovem portador de pneumopatia crônica e não vacinado, um óbito em adolescente, portador de doença neurológica crônica, ambos causados pelo vírus A H1N1. O vírus A H3N2 causou o óbito em um adulto.

O monitoramento semanal dos atendimentos por Síndrome Gripal nas 15 regionais de saúde do DF mostrou que ao longo de 2012 foram atendidas 61.778 pessoas, sendo 51% do sexo masculino e 49% do sexo feminino. O maior número de atendimentos ficou concentrado na faixa etária de 2 a 9 anos, gestantes representaram 1% dos atendimentos do sexo feminino e idosos 2,7% do total geral de atendimentos.