Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
14/04/20 às 15h07 - Atualizado em 15/04/20 às 11h21

Vigilância Ambiental promove sanitização de locais públicos em Samambaia

COMPARTILHAR

Espaços passaram por limpeza completa com hipoclorito de sódio

 

Vários locais públicos de Samambaia passaram, nesta terça-feira (14), por ações de limpeza e sanitização promovidas pela Vigilância Ambiental, por meio do programa Sanear-DF. O objetivo é higienizar e desinfectar ambientes públicos para impedir a disseminação do coronavírus.

 

“Uma vez que o vírus não está circulando, com certeza não teremos casos da Covid-19 na área. O objetivo também é tornar possível, e mais segura, a entrada das pessoas nos espaços públicos”, informou o diretor da Vigilância Ambiental, Edgar Rodrigues.

 

A operação começou pelo Restaurante Comunitário de Samambaia, também conhecido como “Rorizão”. No período da manhã, os agentes de Vigilância Ambiental, devidamente paramentados, utilizaram hipoclorito de sódio para limpar paredes, janelas, cadeiras, mesas, chão e a roleta onde passam funcionários e clientes.

 

O produto, semelhante a água sanitária, é pulverizado por máquinas acopladas nas costas dos agentes, que têm capacidade de 20 litros. Para cada litro de água são utilizados cinco gramas do hipoclorito de sódio, que é dissolvido e usado nas máquinas costais. Também é utilizado em viaturas, que espalham a substância na parte externa dos espaços públicos.

 

Depois do Restaurante Comunitário, as equipes seguiram para os terminais de ônibus Norte e Sul, o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) e o Centro de Referência de Assistência Social (Cras). Também estão no cronograma algumas unidades básicas de saúde (UBSs) e o Hospital Regional de Samambaia (HRSam).

 

A ação iniciou na região administrativa ainda na segunda-feira (13), com a higienização de locais como o metrô da quadra 102, o 11° Batalhão da Polícia Militar e a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Samambaia.

 

A operação conta com o suporte de três viaturas da Vigilância Ambiental, duas da Sanear-DF, quatro máquinas costais para pulverizar hipoclorito de sódio e 10 agentes de campo.

 

SANEAR-DF – As ações fazem parte do programa Sanear-DF. Proposto pela Secretaria Executiva das Cidades (Secid) e pela Diretoria de Vigilância Ambiental (Dival) em função do Decreto nº 40.550, de 23 de março, que dispõe sobre as medidas para enfrentamento da emergência de saúde pública decorrentes do novo coronavírus.

 

Participam desse projeto as administrações regionais do DF, as secretarias de Comunicação, Transporte e Mobilidade, Segurança Pública, Políticas Públicas, Educação, DF Legal, o Serviço de Limpeza Urbana (SLU), o Departamento de Trânsito do DF (Detran-DF), o Departamento de Estradas de Rodagem do DF (DER/DF) e a Companhia de Saneamento Ambiental do DF (Caesb).

 

Leandro Cipriano, da Agência Saúde
Fotos: Breno Esaki/Agência Saúde

Leia também...