Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
9/09/15 às 18h20 - Atualizado em 30/10/18 às 15h12

Voluntariado fortalecido no Hospital de Base

COMPARTILHAR

selo_base.jpg

Unidade conta com quatro entidades que ajudam pacientes e familiares com itens que vão de lanche a perucas

BRASÍLIA (9/9/15) – Vontade de ajudar. É isso que move aproximadamente 500 voluntários que prestam serviços nas quatro entidades que abrigam a ala de voluntariado do Hospital de Base. Pessoas carentes, portadores de câncer e quem mais precisar de apoio, seja ele material ou psicológico, pode buscar ajuda ali.

A primeira ação de voluntariado no Base ocorreu pouco tempo depois de sua fundação, quando ainda se chamava Hospital Distrital de Brasília, com a criação do Serviço Auxiliar Voluntário, em 1965, idealizado pelo médico Oscar Moren, que na época era chefe da Unidade de Pediatria do hospital. “O voluntariado em Nova Iorque, onde fiz residência em pediatria em 1958, era muito ativo e tive vontade de fazer isso no Base”, conta.

Após alguns anos trabalhando com ações voltadas somente para crianças, em 1982 o SAV foi registrado como entidade sem fins lucrativos e passou a oferecer os serviços para todo o hospital. “Atendemos a todos do Base, desde que sejam carentes. As pessoas vêm indicadas por assistentes sociais ou por voluntários nossos que trabalham no apoio ao leito”, conta o atual presidente da instituição, Carlos de Castro.

O SAV doa desde itens de higiene pessoal até cadeiras de rodas. Os materiais são arrecadados em doação ou comprados com dinheiro da venda de peças no bazar permanente. Uma das beneficiadas pelo serviço, Fátima Ferreira, recebeu para o marido um colchão casca de ovo. Ele está com cirrose hepática e precisará ficar internado no hospital. “Moramos em Palmas e viemos de lá para ele fazer tratamento. Estou deslumbrada tanto com o trabalho dos médicos dentro do hospital quanto com essa entidade”, observa.

Na mesma linha, a Associação de Amigos do Hospital de Base presta apoio a pacientes carentes. Por isso, busca doações de material escolar e brinquedos, entre outras coisas. “Temos um bazar permanente e os recursos arrecadados são usados em prol do hospital, dos pacientes e familiares”, diz a voluntária Doli Marina.

CÂNCER – Duas instituições no HBDF atendem aos pacientes com câncer e seus familiares. Uma delas, o Movimento de Apoio ao Paciente com Câncer (MAC) surgiu após um grupo de mulheres que tinham filho ou marido internado no hospital com a doença perceber que muitos pacientes chegavam à unidade sem comer e passaram a levar um chá da tarde.

“O projeto cresceu e hoje distribuímos, diariamente, 600 lanches para pacientes que fazem radioterapia e quimioterapia, de segunda a sexta-feira”, destaca a presidente do movimento, Lilian Rejane, há 16 anos como voluntária no HBDF. Além do lanche, o MAC fornece itens de higiene pessoal para pacientes do 10º andar, além de cortar os cabelos e cuidar das unhas deles. “Também fazemos visitas a pacientes que não têm familiares e estamos de portas abertas para quem quiser conversar, desabafar”, completa.

Conhecidos como anjos cor de rosa, os voluntários da Rede Feminina de Combate ao Câncer, têm o foco na saúde da mulher. Há 20 anos atuando no Base, mais de 30 mil pessoas já foram beneficiadas. Ao todo, 18 projetos são desenvolvidos pela entidade, como cantinho da leitura, doação de prótese mamária e de cestas básicas e oficinas de artesanato.

“Servimos lanche para 300 pessoas diariamente e 150 cestas básicas por mês. Na semana passada, doamos 40 perucas a pacientes. Mas às vezes, o que a pessoa mais precisa é de um sorriso e um abraço”, destaca a voluntária Renata Luz.

ANIVERSÁRIO – Para as comemorações do aniversário de 55 anos do Hospital de Base, as quatro instituições doaram brindes que serão sorteados para pacientes e servidores nos dias 9 e 10 de setembro.

Além do brinde, a Associação de Amigos do Hospital de Base, em parceria com uma organização não governamental, está produzindo mini ipês feitos com galho seco e flores em tnt para enfeitar toda a área onde haverá programação da festa.

Ajude:
Rede Feminina de Combate ao Câncer: 3364-5467 / 3315-1221
Movimento de Apoio ao Paciente com Câncer: 3315-1687
Serviço de Apoio Voluntário: 3315-1601
Associação de Amigos do HBDF – 3315-1726